“Como um cara que ama adrenalina, a primeira coisa que eu vi naquele barco foi o topo do mastro. O único problema era como eu conseguiria chegar lá.”

Miroslav Georgijevic se arriscou algumas vezes na vida. Além do mastro (história de um dia magnifico no mar Adriático que ele contou recentemente de sua casa na Sérvia), a carreira do fotógrafo da iStock foi baseada em muitos riscos.

Tudo começou em 2006, quando ele pegou emprestada uma câmera de um amigo e se apaixonou por tirar fotos.

“Eu me apaixonei imediatamente,” disse Georgijevic. “Comecei a tirar fotos todos os dias. Meu amigo deixou que eu pegasse a câmera emprestada por uma semana, mas eu não a devolvi por outras três semanas! Eu fotografava e fotografava e fotografava. Então eu decidi comprar uma câmera.”

Só tinha um problema. Georgijevic tinha apenas 21 anos naquela época e estava morando com seus pais durante um tempo conturbado para a economia. Contar para os seus pais que ele queria comprar uma câmera não foi uma tarefa fácil.

Foto por Georgijevic/iStock by Getty Images
Foto por Georgijevic/iStock by Getty Images

 

“Eles falaram: “Como assim? Você quer comprar uma câmera por $500 dólares?!” disse Georgijevic. “Eles me disseram que eu era louco.”

Então ele decidiu aceitar um emprego vendendo partes de computadores, só para conseguir arcar com a compra de uma câmera. E ele fez um acordo com o seu novo chefe: “Se você comprar uma câmera para mim, você pode me pagar menos durante os próximos seis meses,” disse Georgijevic.

“Então eu comprei minha primeira câmera e comecei a fotografar tudo,” disse ele. “Aí, um dia, eu ouvi falar sobre fotografias de acervo.”

Georgijevic tentou se inscrever na iStock by Getty Images, mas como a sua câmera não tinha qualidade alta o suficiente (imagens com muito “ruído”, na língua da fotografia), suas fotos não tinham a resolução certa e seu portfólio foi negado. Mesmo assim, ele não desistiu.

Aproximadamente seis meses depois, Georgijevic vendeu sua câmera e comprou uma câmera com modelo mais profissional.

“E aí tudo começou a acontecer,” disse ele. Em dezembro de 2009, ele decidiu virar exclusivo da iStock by Getty Images e começou a fazer fotografias como negócio secundário.

Até que um dia, ele participou de uma apresentação do famoso fotógrafo comercial Chase Jarvis.

 

 

“Ele disse para o público que se você quiser ser fotógrafo profissional, você deve ser um fotógrafo 100 por cento do tempo,” disse Georgijevic. Na manhã seguinte Georgijevic pediu demissão do seu emprego.

“Naquela época eu era um gerente,” disse ele. “Mas eu pedi demissão do meu trabalho e decidi me dedicar 100% a ser um fotógrafo.”

Novamente, sua decisão causou muitos atritos em casa.

“Minha mulher ficou com medo,” disse ele. “Nós estávamos passando por dificuldades financeiras, com muitas contas atrasadas e eu disse para ela: “Presta atenção, um dia nós vamos fazer muito dinheiro com este trabalho.” E ela disse: “Por favor, vai para a outra sala e me deixe sozinha.”

Mas ela no final das contas deu muito apoio para Georgijevic e ano após ano ele conseguiu alcançar seus sonhos.

“É engraçado!” disse ele. “Agora, tudo é divertido, nós viajamos e tiramos fotos” – como aquela vez que eu vi o mastro no mar Adriático.

Georgijevic lembra de estar de férias com a sua esposa e alguns amigos, quando ele notou o radar no topo do mastro.

“Então eu perguntei para o nosso marinheiro: “Como você conserta o radar quando ele quebra?” disse Georgijevic. “E ele me disse: “Nós temos um sistema de cordas e temos uns caras que ajudam a puxa-las.” E eu disse: “Perfeito! Eu quero subir.” E ele disse que era perigoso. Então eu fiquei enchendo o saco dele por algumas horas e finalmente ele concordou.”

Georgijevic disse que ele só conseguia pensar em como tudo era incrível enquanto estava lá em cima.

“Então eu comecei a tirar fotos,” disse ele. “E pedi meus amigos e equipe de embarcação que eles entrassem na água, para nadar e fazer isso e aquilo. E nós fizemos muitas imagens e vídeos incríveis. Eu fiquei tão empolgado com aquelas imagens. Porque foi um dia maravilhoso e único.”

É este espírito que Georgijevic leva em seu trabalho e em sua vida:

“Eu sempre penso que quando você é positivo, quando você ama o que faz, em algum momento seu sonho irá se tornar realidade.”

A diferença entre ver e perceber é o poder de uma imagem.  Veja mais trabalhos do Miroslav Georgijevic (Nome do contribuidor: Georgijevic) na iStock by Getty Images.