iStock

Na era das mídias sociais, o vídeo é uma ferramenta essencial para promover e divulgar sua marca. Produzir o conteúdo certo pode estabelecer uma conexão emocional com o seu público.

Líderes de mercado global sabem por que suas marcas precisam de vídeos. Adicionar vídeos à sua campanha de marketing é uma excelente maneira de incrementar a autoridade da marca através dos canais de mídias sociais. Os vídeos impulsionam a conversão e estimulam as pessoas a compartilharem conteúdos de que gostam.

Segundo estudos recentes: 68% de um total de 1,3 bilhão de visualizadores online globais compartilham vídeos. Além disso, há um aumento de 80% de conversões para landing pages que incluem um vídeo, e um aumento de 96,4% em taxas de click-through de e-mail quando há vídeos incluídos. Com uma projeção de 1,5 bilhão de visualizadores online em 2015, o vídeo online deverá ultrapassar todos os demais canais de publicidade.

Para criar um impacto duradouro, tudo se resume a usar conteúdo que repercuta com o seu público.

A Getty Images tem uma equipe de pesquisadores de vídeo que ajuda as marcas a selecionarem o melhor conteúdo visual para suas produções. Com base em seus conhecimentos especializados, as integrantes da equipe Courtney Hopkins e Kim Gatenby definiram cinco fatores importantes que ajudarão a identificar o vídeo certo para o conteúdo de seus projetos de marketing.

Pense cinematograficamente

Aproveite sua escolha de usar vídeo em vez de imagens estáticas utilizando uma variedade de ângulos e pontos de vista dinâmicos para manter seus visitantes engajados ao longo de toda a peça.

Mesmo vídeos aparentemente básicos como entrevistas ou demonstrações de produtos podem se beneficiar de tomadas de ambientação ou elementos transicionais para refocar a atenção do visitante e construir o contexto da história da marca que você está contando. Você pode reforçar visualmente o que um entrevistado está descrevendo cortando para um vídeo sobre o assunto. Panorâmicas de paisagens urbanas, tomadas detalhadas em close do tema do vídeo, clipes em timelapse ou hyperlapse podem ajudar a preparar a cena seguinte. Muitos dos temas na biblioteca de vídeos Getty Images oferecem diversos ângulos de cobertura e tamanhos de tomadas, então, seja criativo.

Defina o tom certo

Com mais de 1,8 milhões de clipes disponíveis naGettyImages.pt, pensar em palavras-chaves que melhor reflitam o tom que você está tentando estabelecer ajudará a refinar a pesquisa pelos clipes perfeitos para transmitir a mensagem da sua marca.

Alguns aspectos a serem levados em consideração são:

  • Clima: Que emoção você gostaria de transmitir? Seus clientes reagiriam melhor a uma abordagem divertida ou a mensagem exige mais seriedade e profissionalismo? Pense também na personalidade que sua marca retrata em outras comunicações. Ela está alinhada com o estilo que você escolheu para o vídeo?
  • Ponto de vista: Você quer mergulhar seu cliente na experiência do vídeo, exibindo cenas da forma como o espectador as veria? Cada vez mais, as marcas estão contando suas histórias a partir do ponto de vista do público para criar uma conexão íntima com o espectador. Para alcançar esse estilo, talvez você possa usar tomadas granuladas em close-up, câmera lenta ou timelapse. Como alternativa, talvez você prefira ser mais demonstrativo no resultado final, incluindo pessoas em suas imagens para criar uma experiência em terceira pessoa para o espectador.
  • Conceitual ou literal? Por exemplo, uma empresa que deseja transmitir sua dedicação à sustentabilidade poderá escolher uma abordagem mais literal ao exibir imagens de novas fontes de energia, ou poderia seguir por um caminho conceitual através de imagens de natureza e bem-estar.

Decida um tema-chave

Qual é a principal mensagem que você está tentando fazer chegar ao seu público, ou qual comportamento você está pretendendo mudar?

Pode ser tentador abordar diversas mensagens quando se tem a atenção do público, mas manter o foco em um tema-chave criará consistência no seu material.

Dê uma olhada nas tendências visuais em torno de temas amplamente difundidos como diversidade, sustentabilidade e inovação para ajudar a criar um conteúdo que fale com seu público de forma contemporânea.

Decida onde seu vídeo será exibido 

Definir todos os diferentes canais em que seu vídeo poderá ser usado ajudará a determinar o formato ou a resolução de que você precisa para seus clipes. Por exemplo, qualquer uso em tela grande exigirá um formato HD em alta resolução. Um vídeo criado originalmente em resolução mais baixa para uso na web não ficará com qualidade em um telão em uma feira de negócios ou em uma loja, assim, planejar seus diferentes canais com antecedência evitará edições no futuro.

Escolha uma estrutura para o seu vídeo

Eis alguns tipos diferentes com que você pode começar; qual é o melhor para passar a sua mensagem?

  • Vídeo documentário da marca: um vídeo “quem somos” destacando a história e a personalidade da marca
  • Um vídeo de como fazer: treine seus clientes sobre usos específicos dos seus produtos
  • Vídeo especialista: mostrando o conhecimento especializado da sua empresa e levando visita para o seu site
  • Vídeo promocional: vídeos curtos sobre eventos ou comunicados à imprensa
  • Vídeo de demonstração de produto: mostre as qualidades exclusivas do seu produto, destacando o que o diferencia dos outros

Principais lições

  • Pense cinematograficamente: como você quer usar conteúdo visual para o seu projeto ou campanha de marketing
  • Defina o tom certo: pense em clima, ponto de vista, abordagem conceitual ou literal
  • Decida um tema-chave: pense em qual mensagem você quer transmitir
  • Decida onde seu vídeo será exibido
  • Escolha uma estrutura para o seu vídeo, como documentário da marca, vídeo de como fazer, vídeo especialista, vídeo promocional ou de demonstração de produto

Para procurar na coleção de vídeos da Getty Images dentro de uma ampla variedade de categorias editoriais, criativas e de arquivo clique aqui.

 

iStock Este artigo é de autoria da iStock. Visite iStock.com.br para obter mais excelentes ideias visuais para pequenas e médias empresas.