Conseguir ser bem-sucedido no ramo criativo não é uma façanha fácil. Até mesmo os artistas bem-sucedidos tiveram que começar de baixo.

Este é um dos motivos pelo qual a Getty Images está feliz em anunciar uma parceria com a D&AD para a premiação do Next Photographer Awards, uma grande oportunidade para descobrir e cultivar novos talentos.

É óbvio que ganhar uma premiação é só uma maneira de começar uma carreira. Nos encontramos com três visionários do setor para ver como eles conseguiram e quais conselhos eles dariam para aqueles que estão começando a subir em suas carreiras. Olha só o que aprendemos:

 

Patrice de Villiers, fotógrafa

D&AD_Judges_pic_colour_hires

Patrice de Villiers é uma fotógrafa premiada por suas imagens sobre comida & natureza morta e que por sua abordagem única conseguiu trabalhar comissionada para marcas como Selfridges, L’Oreal, Heinz, Rolex, Land Rover e Harrods, entre muitas outras. Sua mais recente campanha chamada Inglorious Fruit & Vegetable ganhou mais de 80 premiações mundialmente.

“No começo da minha carreira eu me encontrei com Tony Chambers, que trabalhava para a The Sunday Times Magazine, para mostrar meu portfólio para ele. Algumas semanas depois do nosso encontro, ele me ligou dizendo que eles estavam fazendo uma série semanal sobre retratos culinários e ele queria que eu trabalhasse nisso. Eu fiquei tão feliz em poder fotografar para uma das maiores revistas do país. Eu perguntei para o Tony quais tipos de imagens eles queriam e ele disse: “Eu não me importo como você vai fotografar, desde que não seja monótono.” Aquele foi o melhor conselho que eu poderia receber como uma fotógrafa novata. Isto significava que meu único limite era minha própria imaginação. Foi maravilhoso ter a oportunidade de ser criativa em um ambiente comercial desde cedo. Isto me deu a liberdade de desenvolver um estilo que me guiou para outros trabalhos fantásticos.”

 

Thomas Brown, fotógrafofoto do rosto de Thomas Brown

 

Thomas Brown é mais conhecido por suas fotografias provocantes e inovadoras sobre natureza morta. Ele já trabalhou com muitas grandes companhias como a Nike, Coca-Cola, Swarovski e Cartier.

“Faça o seu trabalho e o seu público irá te encontrar,” este foi um dos melhores conselhos que eu já recebi.

Há alguns anos eu fui contratado para fazer uma campanha para a Cartier, este era um trabalho muito importante para mim. Eu nunca poderia imaginar que um dia eu estaria fotografando para uma companhia tão grande quanto ela. Eu não acho que teve algo em específico que eu fiz e por isso me ofereceram o trabalho, mas sim o conjunto de todos os meus trabalhos até que eu chegasse naquele momento. Isto me fez perceber que eu poderia de verdade alcançar os sonhos e objetivos que tracei quando eu tinha 19 anos de idade. Eles não eram mais apenas um sonho.”

Brown atribui seu sucesso a sua habilidade de permanecer fiel a sua própria visão.

“Você tem que ser honesto com você mesmo e não tentar ser outra pessoa, você tem que ser você.”

 

Andy Saunders, vice-presidente sênior de conteúdo criativo da Getty Images

andy

Andy Saunders é vice-presidente sênior de conteúdo criativo da Getty Images Ele trabalha com fotógrafos, cineastas e seu time global de diretores de arte para criar imagens e filmes que são usados em campanhas publicitárias, designs e editoriais premiados ao redor do mundo.

“Depois de estudar fotografia na faculdade, consegui um trabalho em uma câmara escura na Tony Stone Images, uma das agências mais conhecidas daquela época. Considerei aquele trabalho como um desvio pois eu ainda queria ser um fotógrafo, mas aquele foi na realidade meu golpe de sorte pois a Getty Images adquiriu a companhia pouco tempo depois que eu comecei a trabalhar lá. Minha filosofia criativa de utilizar pesquisa criativa e tentar algo novo sempre que possível estava alinhada com a perspectiva da Getty e isto foi o que me convenceu a ficar. Meu trabalho evoluiu com o passar do tempo, e é fascinante para mim olhar para o que está acontecendo no mundo e imaginar a melhor maneira de traduzir isto em uma imagem.”

Depois de muitos anos trabalhando no setor, Saunders encontrou as qualidades que separam os fotógrafos que prosperam.

“Lidar com as pessoas é fundamental. Você pode ser criativo, mas se você tiver dificuldades em trabalhar com outras pessoas isso sempre irá te segurar. É essencial ter a mente aberta, ser positivo e sempre pensar sobre como você pode resolver os desafios dos seus clientes utilizando suas habilidades.”

A premiação da D&AD Next Photographer Award está aberta para inscriçõesSaiba mais .