“…É como se alguém tivesse dito para nós: ‘Aqui estão todos os vídeos do mundo. Pode começar.’”

Entre milhões de vídeos de 60 segundos publicados online todos os dias, existe um que se destaca por superar obstáculos únicos de edição: Como contar a história do começo ao fim de uma empresa que mostre imagens e vídeos que abrangem quase todos os períodos de tempo e geografias possíveis.

E ainda fazer com que fique bonito.

Coloque em cena o editor Crandall Miller e sua equipe da Whitehouse Post, que juntos com a The Motive, agência criativa da Getty Images, deu vida a esta visão e fez o “Em busca do incrível.” O vídeo é o trabalho mais novo para a campanha de marca da empresa de mídia visual e está entre algumas das que foram exibidas no Cannes Lions International Festival of Creativity .

“Ter sido concedido acesso completo ao acervo da Getty foi como poder tocar em um tesouro perdido — existem tantos vídeos e imagens incríveis,” disse Miller. “Ter acesso a esta fonte ilimitada nos ofereceu a habilidade de ter liberdade criativa completa, mas também foi um desafio muito grande; é como se alguém tivesse dito para nós: ‘Aqui estão todos os vídeos do mundo. Pode começar.’”

Para começar o processo, a equipe criativa da The Motive trabalhou com a equipe de especialistas globais da Getty para encontrar as imagens certas que dariam vida a ideia. Então, as equipes da The Motive e Whitehouse Post trabalharam juntas para escrever o roteiro inicial para o vídeo, no qual Miller pode usar como pontapé inicial. A partir de então, ele deixou que os vídeos dessem forma à história.

“Com um projeto como este e com a quantidade de vídeos que você está lidando, tudo se resume em encontrar estes momentos perfeitos e colocá-los juntos para contar uma história,” disse Miller. “Muitas vezes você encontrará uma imagem incrível que faz você reavaliar o enredo da história, então você tem que ser flexível com o resultado. Você deve deixar que os vídeos te guiem e te ajudem a desenvolver a história.”

O Miller com certeza não teve que se esforçar muito para encontrar ótimos vídeos — na realidade, ele tinha muitos vídeos no começo e teve que reduzir seu corte inicial, que tinha 6 minutos.

“Devagar, você começa a cortar partes aqui e ali até que você destile a história e é deixado apenas com os melhores momentos,” disse ele. “Algumas vezes você nota que tem tantos vídeos incríveis e fica difícil cortar certas partes no começo, mas você não pode ter pressa ou ansiedade, é só parar e pensar por um pouco de tempo. É como fazer uma escultura ou pintar um quadro, você está adicionando algo novo de pouquinho em pouquinho todos os dias, até que fique perfeito.”

Além de mostrar momentos inspiradores, Miller também queria mostrar uma variedade de meios e tipos de vídeos em sua arte.

“Eu queria mostrar diferentes texturas e técnicas,” disse ele. “O vídeo varia entre filmes em preto e branco de arquivos até vídeos digitais em 4K.”

Enquanto a amplitude do vídeo é imensa, são as conexões inteligentes que conectam a narrativa que o faz se destacar: mudando as imagens de um mergulhador para um paraquedista, por exemplo, ou de pinguins para pessoas.

“Nós usamos as conexões como uma técnica de narrativa visual divertida para dar forma sobre como a história se desenrola,” disse Miller. “Isto nos levou a muitas tentativas e erros. Muitas vezes você está procurando por algo específico e isto te traz uma nova ideia e antes que você note, você está perdido entre todos os vídeos e em meio ao desconhecido. Foi muito emocionante quando encontramos uma conexão, como um foguete sendo lançado e um iceberg desmoronando.

“Nós realmente queríamos que o público fizesse as conexões entre o vídeo e que ele os conduzissem do começo ao fim através desta linda história.”

 

Créditos

Agência criativa:  The Motive

Diretor de conta: Katherine DeTroy

Produtor: Hiba Abu-Baker

Diretores de criação:  John Foster e Kevin Doyle

Equipes editoriais da Getty Images e iStock: comandadas por Hugh Pinney, Gemma Fletcher e Brad Ralph

Empresa de produção: Whitehouse Post Productions

Editor: Crandall Miller

Supervisora musical: Jessica Dierauer

Composição musical: Life Story de Ólafur Arnalds e Nils Frahm

Design de som: Mr. Bronx Audio Post

Images: Para a lista completa de contribuidores da Getty Images nos quais seus trabalhos foram exibidos neste vídeo, explore o painel