Já fizemos muito progresso entre a nossa visão pitoresca sobre o mundo natural. Artistas já não são mais obrigados a usar a realidade quando querem retratar a natureza no reino digital e fotógrafos hoje em dia estão se esforçando ainda mais para descobrir novas maneiras de mostrar ambientes. Uma das maiores tendências previstas para 2016 pelo time criativo global da Getty Images, o Surrealismo é uma desconstrução das realidades diárias. Mais e mais artistas estão escolhendo expressar o mundo através de lentes surrealistas, incluindo tanto o pessoal quanto o subjetivo.

“Visuais imersivos e psicodélicos atraem a audiência global ao transcender gêneros,” disse a Diretora de Arte da Getty Images, Lauren Catten. “Em uma era onde a tecnologia está removendo descobertas prósperas, as composições peculiares reacendem o prazer que sentimentos ao experienciar o inesperado.”

Como um dos pioneiros do inesperado, as fotografias conceituais do japonês Hiroshi Watanabe misturam natureza, cultura e tecnologia. Ao usar modelos de software e imagem em 3D do Google Earth, o fotógrafo da Getty Images faz truques com paisagens digitais surrealistas e paisagens de planetas cobertos por texturas marmorizadas de carne de boi e carne de porco. Neste panorama de fantasias, o mundo inteiro é feito a partir do que temos por dentro.

GettyImages-585210567
Crédito: Hiroshi Watanabe

“Eu deveria estar com fome quando eu vi fotos de Júpiter. Os padrões do planeta pareciam com um delicioso pedaço de bacon,” disse Watanabe. “E então, me surgiu esta ideia especial: usar carne como material, pode ser interessante e diferente se eu misturar conceitos de natureza e aventura.”

GettyImages-585210583
Crédito: Hiroshi Watanabe

Na série de Watanabe chamada Foodscapes, o contraste destas ideias uma contra as outras se torna uma expressão humorística que é fascinante e repugnante.

GettyImages-585210579
Crédito: Hiroshi Watanabe

 

GettyImages-585210563
Crédito: Hiroshi Watanabe

Mais imagens sobre natureza e tecnologia híbrida podem ser encontradas entre as flores caleidoscópicas de Watanabe, onde formas orgânicas criam formas arquiteturais que repetem precisões matemáticas. Para conseguir o efeito estilo mosaico, ele usou uma abordagem meticulosa para conseguir que tudo ficasse perfeito.

GettyImages-605321421
Crédito: Hiroshi Watanabe

“Eu usei exemplos de flores coloridas de um canteiro durante a primavera,” disse Watanabe. “E depois eu usei uma aplicação de 3 DCG para fazer um caleidoscópio surrealista, levando em consideração uma combinação de cores, formas e estética.”

GettyImages-605321409
Crédito: Hiroshi Watanabe

 

Como um grupo, as fotografias de Watanabe podem ser vistas como reflexões da complexidade da vida moderna, nos reorientando a novas e estranhas paisagens, onde fronteiras são apenas marcadores e não mais barreiras.

 

Explore mais perspectivas surreais sobre a natureza na Getty Images