Imagens em 360˚ oferecem uma experiência que tem poder para transportar alguém imediatamente – seja para o outro lado da Terra, nas profundezas do oceano, de volta ao tempo ou para o universo. Desde educação até o entretenimento, não há limites para as possibilidades de uso de imagens em 360˚.

“É uma oportunidade para mostrar para as pessoas um ambiente que caso contrário elas nunca poderiam ver,” disse Hugh Pinney, Vice Presidente Editorial da Getty Images. “O conteúdo em 360˚ incita ainda mais a curiosidade. Você é levado para o mundo da informação, onde você é guiado visualmente pela história que está sendo contada, e obtendo ainda mais informações em todos os lugares que você olhar. As oportunidades são imensas, muito engajadas e divertidas. Você pode levar as pessoas em uma grande jornada. É assim que esta tecnologia está realmente começando a liderar.”

 

Juntar uma experiência visual imersiva é uma prioridade que está embutida no processo criativo desde a concepção, até a criação de uma imagem. O fotógrafo Jonathan Ferry, que fotografou uma imagem em 360˚ de dentro do carro de corrida de Danica Patrick, sabe em primeira mão tudo que é levado em consideração ao criar uma imagem de realidade virtual.

“Você tem que visualizar a imagem antes que ela aconteça,” disse ele. “Você não está capturando um momento; você está criando uma experiência para o espectador. Quanto mais próximo você estiver do ponto principal da imagem, melhor. Se você estiver muito longe, ela não oferece a mesma intimidade e perspectiva única. É uma questão de pensar sobre o que está em sua frente, atrás, acima, e abaixo de você, e garantir que todos os elementos têm um propósito, além de serem interessantes.”

Alex Wong, um fotógrafo da Getty Images baseado em Washington, D.C., está sempre procurando por boas oportunidades para fotografar imagens em 360˚ enquanto trabalha.

“Para fotografias, o ângulo mais amplo que já tivemos antes era 180˚. Este ângulo só mostra um lado da história, e nós não podemos ver nada além disso,” disse Wong. “Agora, temos um jeito de mostrar não só o que está em frente às câmeras, mas também o que está atrás delas. Às vezes, o que está atrás das lentes é o que realmente importante para mostrar para o seu público.”

Wong recentemente fotografou imagens em 360˚ na inauguração do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Situado em frente ao pódio, ele pôde capturar a inauguração inteira: a cerimônia de posse, o evento de cobertura da mídia e o público.

Eventos como desfiles e protestos também são exibidos de forma natural em imagens em 360˚.

“Recentemente eu fotografei o desfile do Ano Novo Chinês em Chinatown, DC,” disse ele. “Eu coloquei a minha câmera no meio da rua, onde haviam muitos rojões, e você pode vê-los explodindo em volta da minha câmera. Você nunca poderia sentar no meio da rua e ver isso de perto, mas com as minhas imagens, eu pode levar isso até você.”

O potencial e as possibilidades para impressionar, comunicar, educar e informar através de experiências interativas em 360˚ irão apenas continuar a aumentar e melhorar com o passar dos anos, surpreendendo o público pelo caminho.

Explore a coleção impressionante da Getty Images de imagens em 360˚