O marketing tradicional está respirando seu último suspiro. E embora esteja morrendo lentamente, sua morte é inevitável; conteúdo é o novo contexto para sua marca. As empresas precisam aprender a contar histórias envolventes, de um modo autêntico e divertido, que gerem nos possíveis clientes uma associação positiva com a marca, especialmente em mercados altamente competitivos.

Criar uma conexão emocional com os consumidores ainda é uma habilidade subestimada por muitos profissionais de marketing. As pessoas não se identificam com marcas, elas se identificam com outras pessoas. As histórias são a cola que mantém unida a sociedade desde que a raça humana surgiu, e não há melhor maneira de contar histórias do que através de conteúdo visual. Embora tenhamos uma enorme gama de mídias atualmente, é mais importante do que nunca escolher as imagens certas para contar a sua história e levar a sua mensagem.

Quando a revista mb! by Mercedes-Benz foi lançada em 2011, o objeetivo foi apelar para os públicos mais novos e pessoas que ainda não eram necessariamente fãs da marca, e portanto poderiam não ser atraídos por imagens mostrando carrros. Embora estivesse claro que as fotos precisavam ser adequadas para uma revista independente a fim atrair novos leitores, também era necessário conectar visualmente à marca e aos seus valores de um modo sutil porém autêntico.

As imagens escolhidas têm, portanto, uma estética clean, com alto contraste e, frequentemente, usa um elemento surpresa ou, preferencialmente, elas mostram uma pessoa com quem o público pode se identificar ou mesmo aspirar a ser. O efeito geral é uma alta qualidade visual adequada a uma marca de automóveis de luxo, com um ângulo exclusivo, mas principalmente com um elemento emocional positivo.

Os nativos digitais e os usuários afeitos à internet reconhecem imediatamente e rejeitam imagens montadas e fotos da imprensa no contexto de uma matéria. Testes independentes claramente revelaram que imagens “reais” de pessoas reais são o que atrai os visitantes para o conteúdo. O valor de mostrar o produto em si é superestimado, mas ainda é uma exigência de muitas empresas (a menos que você esteja vendendo uma bebida energética em uma lata prata e azul). Mostrar um G-Class viajando por uma estrada é parte da história e tem autenticidade – um carro novo e brilhante fotografado em um estúdio vazio não é. Assim, ao produzir ou comprar fotos, certifique-se de que elas tenham as qualidades especiais que você está procurando – o que você sente ao olhar para a imagem? Ela tem uma qualidade exclusiva que é adequada à sua marca? Como a imagem fica quando é colocada online? Quais são as outras imagens ao redor dela – elas se complementam visualmente? Portanto, uma equipe editorial e um editor de fotografia são indispensáveis.

As equipes de marketing, os gerentes de produto e outros funcionários da empresa sempre tomam decisões a partir de um ponto de vista interno e muitos interessados acabam por comprometer a qualidade editorial. Construa uma equipe de editores e compete-a com algumas pessoas qualificadas e você terá o conteúdo que o seu público não apenas deseja ler, mas mais imortante, deseja compartilhar com seus pares.

Quando você consegue atingir as pessoas emocionalmente, quando elas sentem que viram alguma coisa que agregou valor, as inspiraram e fizeram com que quisessem compartilhar – então você terá criado uma conexão que o marketing tradicional, com suas mensagens e interrupções, nunca conseguirá. Escolha as imagens certas e faça seu público lembrar da conexão com sua marca como uma experiência autêntica e agradável, e ele voltará para se envolver.

Descubra imagens criativas que podem ajudar a contar a história visual de sua marca

Hadassa Haack

(www.hadassahaack.com)

Hadassa Haack é editora, escritora e produtora freelance, e ajuda marcas a desenvolver conceitos e conteúdo para histórias digitais e as conecta com os criadores certos para dar vida a elas. Hadassa também é editora-chefe e fundadora da revista de zeitgeist mb! by Mercedes-Benz, na qual seu foco é encontrar tópicos e visuais que contem uma história envolvente e promover pessoas talentosas, apaixonadas pela vida e por seu trabalho. Seus projetos de vídeo já apareceram na revista alemã Spiegel, em Redbull.com, NYLON e em vários blogs de estilo de vida e canais de TV. Ela divide seu tempo entre Frankfurt, Sydney e Los Angeles.